Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar




Palavras-chave

Especialistas discutem as causas da morte s?bita em atletas no Congresso da SBCCV



14/04/2008
Nos ?ltimos anos a cardiologia do esporte tem sido uma das ?reas de maior interesse dos cardiologistas e cl?nicos em geral. Na 35? edi??o do Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular (SBCCV), morte s?bita em atletas estar? em pauta na Mesa Redonda IV, que contar? com a presen?a de Nabil Ghorayeb, especialista em Cardiologia e em Medicina do Esporte, presidente do Grupo de Estudos de Cardiologia do Esporte da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC).



Nabil explicar? desde problemas card?acos at? erros dos atletas na hidrata??o, no uso de drogas e como se deve agir diante de atletas com cardiopatias. Segundo dados oficiais do Comit? Ol?mpico Internacional, desde 1966 se contabilizaram 1101 mortes de atletas com menos de 35 anos.



Desafios



Um dos maiores desafios na atualidade ? a avalia??o de atletas portadores de arritmias ventriculares que, na maioria das vezes, n?o apresentam sintomas. Os fatores que melhor definem o risco de morte s?bita em esportistas, secundariamente a uma arritmia ventricular, s?o a presen?a de sintomas (particularmente s?ncope ou pr?-s?ncope) e de cardiopatia estrutural.



?A avalia??o m?dica de pr?-participa??o deve ser obrigat?ria, sendo um competente ?marcador de risco? dos poss?veis problemas cardiovasculares na pr?tica f?sico-esportiva. ? necess?ria para a garantia de que o desempenho de um desportista seja realizado sem o menor risco de ser interrompido precocemente?, define dr. Nabil.



Ser?o apresentadas as causas, a import?ncia e o manejo do atleta portador de arritmia. Cabe ressaltar que, em decorr?ncia das altera??es auton?micas causadas pelo treinamento regular, associadas a modifica??es estruturais do cora??o, o esporte aumenta a chance do surgimento de arritmias card?acas no atleta durante a competi??o.



Mesmo em esportes que n?o envolvem muito esfor?o f?sico, apenas o estresse de participar de uma competi??o provoca grandes altera??es auton?micas, que podem influenciar tanto o desempenho como o sistema cardiovascular. Essa observa??o refor?a a hip?tese de que assim como o esfor?o empreendido num exerc?cio, a carga emocional parece fundamental no desencadeamento de arritmias card?acas.

























Fonte : Acontece Comunica??o e Not?cias - 14/04/2008



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 726 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)