Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

DF: paciente agride médico em hospital. Sindicato cobra providências



30/10/2008
O Sindicato dos Médicos do Distrito Federal (SindMédico/DF) lamenta a agressão sofrida na manhã desta quinta-feira, 29/10, por um médico do Hospital Regional de Samambaia (HRSa), que levou um soco no rosto e pisões no tórax por parte de um paciente. Esta não é a primeira vez que médicos são agredidos em hospitais e postos de saúde da rede pública.

A falta de segurança aos médicos será um dos assuntos a serem tratados pela diretoria do SindMédico/DF com o secretário de Saúde, Augusto Carvalho, em audiência marcada para o dia cinco de novembro. O sindicato vai cobrar uma resposta do secretário à pauta de reivindicações da classe entregue a Augusto Carvalho no dia dez de setembro, da qual fazem parte itens como melhores condições de trabalho e segurança para os médicos da rede pública.

O sindicato também já solicitou ao Departamento Jurídico um levantamento com o número de agressões sofridas pelos médicos, quais hospitais da rede pública têm maior índice de ocorrência e os tipos de agressões mais comuns sofridas pelos médicos. "Com os números em mãos, o SindMédico/DF vai tomar as providências necessárias", esclareceu o presidente da entidade, César Galvão.



Fonte : Assessoria de Imprensa - SindMédico/DF



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1231 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)